Pandemia faz Globo acelerar mudanças e demitir artistas com até 40 anos de casa; veja quem saiu

0 1.754

Setores poderão ter cortes de 10%, enquanto outros de até 20%, afirma executivo

Devido aos impactos da pandemia do novo coronavírus, a Rede Globo tem demitido alguns de seus profissionais, entre eles jornalistas e atores já consagrados dentro da empresa, como Miguel Falabella e Vera Fischer.

A redução das receitas publicitárias da emissora a obrigou a acelerar algumas mudanças que já estavam previstas.

Essas mudanças fazem parte do projeto ‘Uma Só Globo’, que unificará cinco unidades de negócio da emissora. Por conta dessa aceleração, a Globo fará cortes de custo, o que incluirá demissões, mas que não chegará a ser um ‘passaralho’, afirma o CFO (chief financial officer/diretor financeiro) Manuel Belmar da Costa.

De acordo com o executivo, alguns setores poderão ter cortes de 10%, enquanto outros de até 20%, mas também terá áreas que não haverá demissão. Manuel revela também que contratações serão efetuadas, principalmente de profissionais de tecnologia.

Famosos demitidos até o momento

Alguns nomes bem conhecidos já foram afastados do casting da Globo. Como é o caso do o ator, roteirista e diretor Miguel Falabella. Na emissora desde 1981, ele assinou séries como ‘Pé na Cova’ e Toma Lá, dá cá’, além da novela ‘A Lua me disse’. Durante anos, o ator deu vida ao papel de Caco Antibes, em ‘Sai de baixo’.

De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal ‘O Globo’, Miguel foi avisado na última quinta-feira (4) de que não teria seu contrato renovado. 

A atriz Vera Fischer, conhecida por interpretar Helena em ‘Laços de Família’, foi mais um dos artistas dispensados da Globo. Ela estava reservada pela emissora para atuar na produção ‘Além da Ilusão’ com estreia prevista para 2021. Em nota, a Globo confirmou o término do vínculo da atriz, mas informou que ela poderá aparecer em outros projetos.

Com cerca de 40 anos na empresa, o ator José de Abreu, de 74 anos, também vai deixar de fazer parte do elenco fixo da emissora a partir do próximo dia 30 de junho. Segundo Abreu, há dois meses ele vinha negociando a sua saída. O último trabalho dele na empresa foi em 2019, quando interpretou o empresário milionário Otávio, da novela ‘A Dona do Pedaço’.

O ator Stênio Garcia, de 88 anos, também foi mais um que deixou o casting da Globo, após mais de 40 anos de emissora. Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, ele já havia sido avisado sobre a rescisão do contrato e receberá três meses de aviso prévio.

Segundo Marilene Saade, esposa de Stênio, a demissão foi motivada pelo ator Silvio de Abreu, que não tem bom relacionamento com Stênio desde 1968, época em que Stênio separou-se de Cleide Yáconis, que era ídolo de Silvio. À época, ventilou-se que o relacionamento teria terminado por conta de traição de Stênio.

Além dos nomes citados, temos também Zeca Camargo. O contrato do jornalista não foi renovado e ele saiu da emissora após 24 anos. A informação foi confirmada pela própria empresa, que afirmou que a saída de ocorreu em comum acordo.

A Globo emprega atualmente cerca de 15 mil colaboradores. No ano passado, faturou R$ 14 bilhões. Segundo fontes do mercado, suas receitas com publicidade caíram cerca de 30% em abril. Em uma pandemia que paralisou boa parte dos negócios, não é um resultado tão ruim. Se continuar assim, a Globo sairá da crise apenas mais leve, como quer.

*VN

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...