Kannário perde contrato com prefeitura após situação com PM no Carnaval

0 4.178
O cantor e deputado federal se apresentaria, no dia 15 de março, no arrastão promovido pela Prefeitura de Cachoeira

O cantor Igor Kannário foi dispensado da grade de atrações de uma festa promovida pela Prefeitura de Cachoeira. O motivo foi a confusão na qual se envolveu durante passagem pelo Circuito Osmar (Campo Grande) na segunda-feira de Carnaval.

Na tarde do último sábado (29), o prefeito de Cachoeira, Tato Pereira, gravou um vídeo anunciando o cancelamento do show. Segundo ele, a apresentação foi um presente do deputado Alan Castro e do governador Rui Costa, através da Bahiatursa.

“Mas com esse mal estar criado entre o cantor Igor Kannário, o governo do estado e a Polícia Militar, ficou inviável a Bahiatursa ceder o cantor para as festividades do dia 13 de março”, explicou ele.

Kannário tocaria no arrastão, programado para o dia 15. Em seu lugar, foi chamada a banda La Fúria, que tocaria no primeiro dia da festa. Com a mudança, Tierry foi chamado.

Esclarecimento sobre alteração na programação do 13 de Março 2020

Esclarecimento sobre alteração na programação do 13 de Março 2020Diante dos recentes acontecimentos envolvendo o cantor Igor Kannário e a Polícia Militar da Bahia, a Prefeitura de Cachoeira atualiza a programação do 13 de Março 2020. Esclarecemos que a alteração foi feita a partir da incerteza se haveria a presença da PM na apresentação do cantor Igor Kannário, como também se o artista seria pago pela Bahiatursa, órgão do Governo da Bahia que recebeu emenda parlamentar do deputado Alan Castro para o pagamento do show. Portanto, para garantir a segurança da população de Cachoeira e visitantes, o prefeito Tato substituiu o cantor Igor Kannário pela banda La Fúria e incluiu o cantor Tierry, conforme programação a seguir: SEXTA (13/03 – 183 anos!) 🎉18h – Apresentação dos Grupos de Dança ABW Crew e EX1319h – Mundinho do Arrocha22h – Tierry00h – Paco Duarte02h – PH 10SÁBADO (14/03) 🎶18h – Orquestra Reggae de Cachoeira20h – Só as Cabeças22h – Léo Novo Som 00h – A Dama02h – Sine CalmonDOMINGO (15/03) 🎶11h – Central do Samba (concentração no trio elétrico na Rua da Feira)12h30 – Thier Sena (concentração no trio elétrico na Rua da Feira)13h – Samba de Roda Filhos do Caquende14h – Arrastão com La Fúria (trio elétrico saindo da Rua da Feira)15h – Samba de Roda Esmola Cantada da Ladeira da Cadeia17h – Magno Mendes19h – Juninho Cachoeira21h – Brotou Samba23h – O PoetaASCOM #13deMarçoCachoeira #183anos #ElevaçãoàCategoriaDeCidade

Posted by Prefeitura de Cachoeira on Saturday, February 29, 2020

De acordo com Tato, se a prefeitura mantivesse Kannário na programação por conta própria, havia o risco de a PM não fazer a segurança naquele momento da festa. A decisão do cancelamento do show, inclusive, foi tomada com a Bahiatursa e o comando da Polícia Militar.

“Jamais colocaria meu povo em risco. Jamais seria irresponsável em trazer um artista que está em litígio com o governo do estado, com a Polícia Militar, essa instituição tão importante”, acrescentou o prefeito.

Também deputado federal, Igor Kannário disse no trio elétrico que os policiais militares são agressores e que se alguma coisa lhe acontecesse, seria a mando de alguém da Polícia Militar. A provocação gerou reações da corporação e políticos. O governador Rui Costa prometeu acionar o Ministério Público diante dos ataques.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...