Lauro de Freitas: Vereador garante fiscalização de processo seletivo para REDA

0 1.644

Após demissão coletiva, prefeitura anunciou novos processo para contratação de professores.

Vereador recém eleito em Lauro de Freitas, Tenóbio anunciou, em vídeo compartilhado nas redes sociais, que irá fiscalizar o processo seletivo para o regime REDA, publicado no diário oficial do município no dia 08 de janeiro.

Segundo o SindiReda, mais de 500 professores foram demitidos logo após as eleições, em descumprimento a um acordo feito com a prefeita Moema Gramacho. Em dezembro, a grande maioria dos funcionários comissionados da prefeitura também foi exonerada. O vereador já havia demonstrado indignação por este fato, afirmando que o total de demitidos pela prefeitura, em plena pandemia, poderia chegar a quase 10 mil servidores.

O novo processo seletivo deverá contratar 493 professores para a rede municipal de Lauro de Freitas, sendo 193 para educação infantil e 300 para ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA). Porém o chamado público foi feito há menos de uma semana para o período de inscrições, o que pode inviabilizar a participação no processo de profissionais que já atuavam na educação pública de Lauro de Freitas. Além disso, o cadastramento dos interessados se dará de forma presencial apenas nos dias 13 e 14 deste mês, um prazo curto para o horizonte de possíveis inscritos, o que pode gerar aglomerações.

Na postagem Tenóbio demonstra preocupação com a lisura do edital, bem como com a existência de favorecimentos a profissionais com ligações políticas com o grupo da prefeitura. “Será que tem algum professor com informação privilegiada? Será que existe indicação política para este tipo de cargo? Eu espero que não!”, questionou.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...