Policiais militares são presos pela SSP sob suspeita de homicídio em Itinga

0 861

Cinco agentes estariam envolvidos com sequestro e homicídio

Dois policiais militares foram presos e três tiveram mandados de prisão cumpridos, nesta sexta-feira (26), sob a acusação de que estariam forjando um homicídio. A ação investiga envolvimento de agentes da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) em assassinatos.

Entre os militares, três já estavam custodiados no Batalhão de Choque e foram presos no dia 23 de maio por envolvimento com extorsão mediante sequestro. Na ocasião, os agentes participaram das mortes dos irmãos Hiago Nascimento Tavares e Thiago Nascimento Tavares, ocorridas no dia 7 de fevereiro, em Barra de Pojuca, município de Camaçari.

Os outros dois foram capturados por equipes das Corregedorias Geral e da Polícia Militar dentro do quartel. Os cinco trabalham na 81ª Companhia Independente da PM (CIPM), localizada em Itinga, Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. 

De acordo com a SSP, investigações mostram que os militares sequestraram um homem e mataram Dalzio Ubaldino de Castro, porém, os agentes alegaram que houve confronto. O caso ocorreu no dia 8 de abril de 2020, no bairro de Piatã, em Salvador.

A morte ocorreu fora da área onde os militares trabalham e foi registrado como auto de resistência. Imagens, depoimentos de testemunhas, entre outras provas apontaram a participação do quinteto nos crimes. 

O três PMs que estavam custodiados por outros crimes foram ouvidos no Batalhão de Choque. Já os militares capturados nesta sexta-feira prestaram depoimentos na Corregedoria Geral e fizeram exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT). Esses também foram levados para o Batalhão de Choque.

Fonte:VN

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...