Candidatos a prefeito da RMS apoiados por ACM Neto tA?m mais chances, diz pesquisa

0 51

ACMNETO_bocaonews_convencao_gilbertojuniorDuas novas pesquisas do Instituto ParanA? sobre as eleiA�A�es na Bahia confirmam uma tendA?ncia jA? identificada em sondagens para consumo interno encomendadas pelo DEM e partidos aliados: o prefeito ACM Neto A� hoje o grande cabo eleitoral nas cidades da RegiA?o Metropolitana de Salvador (RMS). Nos A?ltimos dias, o instituto mediu as intenA�A�es de voto em Dias Da��A?vila e CamaA�ari, a pedido da TV Itapoan, e o quanto o apoio dos lA�deres polA�ticos poderia interferir positivamente em suas escolhas. Colocado ao lado de nomes como o governador Rui Costa (PT) e o ex-ministro Jaques Wagner, Neto lidera com folga. Para a grande maioria dos entrevistados, A� maior as chances de votar em um candidato a prefeito apoiado pelo democrata. O resultado oficial das pesquisas devem ser divulgados nesta semana.

Salto em distA?ncia
A popularidade do prefeito na RMS A� considerada estratA�gico para os planos da oposiA�A?o ao governo petista. Atualmente, sA? duas das principais cidades da regiA?o sA?o comandadas por aliados do democrata. Uma A� Mata de SA?o JoA?o, cujo prefeito, Marcelo Oliveira, A� cria polA�tica do deputado federal JoA?o Gualberto, presidente do PSDB da Bahia. A outra A� Madre de Deus, governada por Jeferson Andrade (DEM). O restante dos municA�pios estA? nas mA?os de partidos da base do PT. A�Lista que inclui, alA�m de Dias Da��A?vila e CamaA�ari, SimA�es Filho, Candeias, Lauro de Freitas e SA?o Francisco do Conde.

TA?tica de colagem
No entanto, os candidatos apoiados por ACM Neto terA?o que quebrar a cabeA�a para aproveitar ao mA?ximo o potencial do democrata para atrair eleitores. Com a campanha oficial mais curta este ano, de apenas 47 dias, Neto terA? pouca margem para A�se dedicar A� corrida pela reeleiA�A?o e, ao mesmo tempo, vitaminar o palanque de concorrentes a prefeito no interior. A saA�da A� apelar para a experiA?ncia de marqueteiros especializados em colar a imagem de grandes puxadores de votos a uma candidato, sobretudo em cidades sem propaganda gratuita no rA?dio e televisA?o. Em contrapartida, Rui Costa e Jaques Wagner terA?o mais liberdade para circular nos municA�pios.

Instantes finais
A direA�A?o do PT da Bahia deve definir nas prA?ximas 48 horas quem serA? o candidato do partido na corrida pelo PalA?cio ThomA� de Souza. No encontro em que o PCdoB confirmou a disposiA�A?o de encabeA�ar uma chapa, lA�deres petistas mantiveram silA?ncio sobre a posiA�A?o da sigla e deixaram dA?vidas se vA?o aderir A� candidatura de Alice Portugal ou se aliar A� senadora LA�dice da Mata (PSB). Nos dois casos, o PT ficarA? com a vice.

Ponto de largada
A decisA?o do PT vai acelerar as negociaA�A�es sobre o candidato a vice do prefeito ACM Neto. Um dos motivos para o adiamento da escolha A� justamente a indefiniA�A?o dos adversA?rios. Em conversas com cardeais de legendas que compA�em sua base de sustentaA�A?o, Neto deixou claro que nA?o daria nenhum passo atA� ver como andariam os rivais. No pA?reo, estA?o seis nomes de cinco partidos: DEM, PMDB, PSDB, PV e PRB.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...