Corpo que caiu de avião era de jogador da seleção do Afeganistão

0 132

Na última segunda-feira (16), afegãos e estrangeiros tentaram fugir de Cabul, capital do Afeganistão, a todo custo. Os vídeos chocaram o mundo através das redes sociais. Em uma das imagens é possível ver pessoas caindo de uma aeronave americana após a decolagem do aeroporto da capital afegã. As informações são da emissora “Ariana News”, canal de notícias do país.

Uma dessas pessoas era o jogador de futebol Zaki Anwari. O atleta de apenas 19 anos foi encontrado morto após cair do trem de pouso da aeronave militar C-17, dos Estados Unidos. Algumas agências de notícias internacionais, afirmam que o corpo do jovem só foi retirado depois do avião pousar no Catar.

O jovem atuava pela seleção sub-16 do Afeganistão. Pessoas que ficaram no aeroporto afirmaram que outras vítimas caíram do avião. No entanto, apenas Anwari teve sua morte confirmada.

Segundo um agente americano, o exército atirou para cima para tentar parar as pessoas que forçavam a entrada na área de decolagem da aeronave americana, que partia da capital afegã com funcionários da embaixada. Outro vídeo divulgado em rede social mostra três corpos caídos na entrada do aeroporto.

Pessoas tentam deixar o país desde que o Talibã concretizou a ofensiva militar e tomou o poder de fato do Afeganistão, em meio à retirada de tropas militares ocidentais após 20 anos de guerra. Da última vez que o grupo fundamentalista esteve no poder, entre 1996 e 2001, ficou conhecido pela violência e pelo desrespeito aos direitos humanos.

Além do corpo diplomático de países ocidentais, que está sendo evacuado, famílias inteiras foram ao Aeroporto Internacional Hamid Karzai na tentativa de encontrar uma rota de fuga.

Embaixadas da Alemanha, França e Holanda também começaram a operar a partir do aeroporto. A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou que o foco imediato do país é a operação de evacuação. “Estamos vivendo tempos difíceis. Agora devemos focar na missão de resgate”, disse. Segundo ela, 10 mil pessoas serão retiradas, sendo 2.500 afegãos que trabalharam para a Alemanha, além de ativistas de direitos humanos, advogados e outras pessoas que podem estar em risco.

Nesta segunda (16), o governo americano afirmou que a prioridade maior é garantir a segurança do aeroporto, que virou sede temporária da embaixada do país. Um funcionário da Otan informou que todos os voos comerciais foram suspensos e apenas aeronaves militares foram autorizadas a operar.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...