Cunha se defende no STF contra eventual pedido de afastamento: a�?absurdo e infundadoa��

0 50
Foto: Lula Marques/ AgA?ncia PT
Foto: Lula Marques/ AgA?ncia PT

A defesa do presidente da CA?mara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse nesta quarta-feira (9) ao Supremo Tribunal Federal (STF) que um eventual pedido de afastamento do cargo serA? a�?absurdo e infundadoa�?, segundo manifestaA�A?o enviada espontaneamente ao ministro Teori Zavascki, relator dos dois inquA�ritos a que Cunha responde na Corte, relacionados com a OperaA�A?o Lava Jato.

Na petiA�A?o, os advogados afirmam que tomaram a iniciativa de levar o assunto A� Corte diante de notA�cias publicadas na imprensa sobre eventual pedido de afastamento de Cunha por parte da Procuradoria Geral da RepA?blica (PGR).

A defesa tambA�m negou que Cunha esteja atrasando os trabalhos da ComissA?o de A�tica da CA?mara que analisa a abertura de seu processo de cassaA�A?o por falta de decoro, por meio de recursos e atos para impedir a realizaA�A?o das sessA�es no perA�odo da manhA?, quando nA?o hA? sessA�es do plenA?rio.

Segundo a AgA?ncia Brasil, os advogados alegam que adversA?rios polA�ticos de Cunha tentam utilizar a Procuradoria-Geral da RepA?blica como a�?instrumento de uma disputa polA�ticaa�?.

a�?A despeito de confiar em uma avaliaA�A?o isenta dos fatos pelo procurador-geral RepA?blica, que se nA?o foi, certamente serA? indevidamente demandado pelos adversA?rios polA�ticos do peticionante a requerer um absurdo e infundado pedido de seu afastamento da presidA?ncia da CA?mara, a defesa acredita ser absolutamente necessA?rio e fundamental levar ao conhecimento de Vossa ExcelA?ncia [Zavascki] e dos demais ministros deste Supremo tais acontecimentos, para ficar claro que, a despeito de se pretender dar a falsa conotaA�A?o de questA?o jurA�dica, trata-se, em verdade, de fatos relativos a divergA?ncias exclusivamente polA�ticasa�?, argumentam os advogados.

Pela manhA?, deputados do PSOL e do Rede entregaram A� Procuradoria-Geral da RepA?blica (PGR) pedido de afastamento cautelar de Cunha do cargo.

Fonte: Bahia NotA�cias

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...