Ministro Roma em Salvador apresenta programas, projetos e iniciativas do Governo Federal executados pelo Ministério da Cidadania

0 72

Evento #IssoéCidadania, em Salvador, tem nova etapa da Iniciativa Brasil Fraterno, com entrega simbólica de cestas de alimentos a famílias vulneráveis

Nesta sexta-feira (07.05), o ministro da Cidadania, João Roma, participa em Salvador de agenda com a apresentação de uma série de programas e ações do Ministério da Cidadania. O evento destaca, como parte da Iniciativa Brasil Fraterno, a entrega simbólica de cestas de alimentos a famílias de indígenas, quilombolas e pescadores. Em outra frente, serão repassadas as chaves de 12 micro-ônibus para o Programa de Mobilidade de Assistência Social (MobSUAS).

O ministro também vai assinar Ordem de Pagamento para Aquisição de caminhões que reforçarão o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), viabilizar a doação de veículos a entidades que atuam na redução da demanda de drogas e acompanhar a entrega de sala de operações do programa Forças no Esporte (Profesp), uma parceria do Ministério da Defesa com a Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, por meio do programa Segundo Tempo.

A cerimônia principal será realizada no bairro de Piatã, na sede do SENAI Cimatec, às 10h30. Estão previstas as presenças do diretor de Operações e Abastecimento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), José Jesus Trabulo, e do presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Antônio Ricardo Alvarez Alban, além de autoridades do estado, representantes das Forças Armadas e parlamentares. Três famílias receberão os alimentos, simbolicamente, representando a doação de 373.104 cestas a 93 mil famílias.

A Iniciativa Brasil Fraterno reúne ações governamentais e de parceiros em torno de uma rede de solidariedade para amenizar impactos sociais, econômicos e nutricionais da pandemia do novo coronavírus. O Brasil Fraterno incorporou todas as ações executadas pelo Ministério da Cidadania voltadas para aquisição e distribuição de cestas de alimentos.

As cestas vão fortalecer a segurança alimentar de famílias que, neste momento emergencial da pandemia da Covid-19, tiveram queda na fonte de renda familiar. Ao todo, 8,2 mil toneladas de alimentos serão distribuídas posteriormente, entre arroz, feijão, óleo vegetal, macarrão, flocos de milho, farinha de mandioca, açúcar e leite em pó, em 13 municípios. O investimento na entrega dos alimentos é de R$ 52,23 milhões.

A Conab realizará a distribuição dos alimentos para os 13 municípios contemplados, com o auxílio das fundações responsáveis pela identificação e seleção dos beneficiários, como a Fundação Nacional do Índio (Funai) e Fundação Palmares.

Além disso, cestas de alimentos arrecadadas pela FIEB e por outras entidades do Sistema S serão distribuídas posteriormente para famílias carentes do estado.

Ministro cumpre agenda na Bahia
Ministro cumpre agenda na Bahia. Foto: Divulgação

MoBSUAS

Os micro-ônibus têm o propósito de dar apoio à rede socioassistencial da Bahia. Eles vão auxiliar no transporte e deslocamento de usuários e trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) – unidades socioassistenciais públicas estatais e/ou entidades/organizações de assistência social sem fins lucrativos. Com investimento de R$ 3,3 milhões, 11 municípios baianos serão contemplados. Na atual gestão, 15 veículos, sendo oito veículos de passeio e sete micro-ônibus, já foram entregues à Bahia, num investimento total de R$ 5,77 milhões.

Brasil Fraterno

A iniciativa, lançada em março deste ano, tem a articulação do Ministério da Cidadania, responsável pela integração das políticas sociais, a participação do Pátria Voluntária, que mobiliza a população, e a parceria do Sistema S, que faz a captação de recursos junto à iniciativa privada.

A ideia é, com a distribuição emergencial de cestas de alimentos, complementar outras estratégias de fomento e acesso à alimentação promovidas pelos órgãos responsáveis por públicos específicos, para promover a segurança alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Programa de Aquisição de Alimentos

O PAA tem o objetivo de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Funciona a partir da compra de alimentos produzidos pela agricultura familiar. Os alimentos são destinados a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, por meio de instituições. São focos usuais do programa pessoas atendidas pela rede socioassistencial, como CRAS, CREAS e unidades de acolhimento, e pela rede pública e filantrópica de educação.

O PAA vem sendo executado por estados e municípios em parceria com o Ministério da Cidadania e a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Em 2020, foram investidos cerca de R$ 247,6 milhões pelo PAA, beneficiando 54.065 agricultores familiares, na modalidade Compra com Doação Simultânea. Na Bahia, foram 15.852 toneladas de alimentos, beneficiando direta ou indiretamente 562.310 pessoas.

Forças no Esporte

O programa Forças no Esporte é uma vertente do Segundo Tempo, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, e atende crianças e adolescentes de seis a 18 anos da rede pública de ensino com atividades físicas e refeições no contraturno escolar. São mais de 300 núcleos distribuídos em 202 organizações militares que beneficiam quase 30 mil estudantes em todo o país. A agenda da entrega de sala de operações do programa em Salvador está marcada para as 9h desta sexta-feira (07.05), no 6º Batalhão de Polícia do Exército, no bairro de Imbuí.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...