Professores travam Estrada do Coco em protesto contra onda de demissões

0 723

Ato foi organizado por servidores da educação, com contrato REDA, após anuncio de demissão coletiva de mais de 700 profissionais

Cerca de 50 professores da rede municipal de Lauro de Freitas se reuniram na manhã de hoje (07), em frente ao centro administrativo da cidade, para manifestar contra a rescisão coletiva dos contratos REDA, que deixou mais de 700 profissionais desempregados. A manifestação se estendeu com uma caminhada que saiu da Avenida Brigadeiro Costa Matos, por volta das 9h, e seguiu em direção a Av. Santos Dumont (Estrada do Coco), travando a via no sentido litoral norte.

Segundo Joilda Moreira, que há 16 anos atuava como professora na rede municipal, a exoneração causou surpresa e preocupação, em especial num cenário de pandemia. Já o professor Onaldo Dantas afirmou que teve a saúde financeira toda desorganizada após o anuncio da demissão pela gestão recém reeleita da prefeita Moema Gramacho.

O presidente do SindReda, Marcelo Nascimento, afirmou que a prefeita não honrou nenhum dos acordos feitos com a categoria. No dia 4 de novembro a gestora havia prometido a manutenção de todos os contratos até a conclusão do ano letivo de 2020. Contudo, um dia após reeleita, assinou a exoneração de 700 professores, prejudicando mais de 50 mil alunos da rede municipal de ensino.

Vale lembrar que, num ato assinado na ultima terça feira, a prefeitura anunciou a demissão de servidores em todos os setores da administração pública. Vereadores da oposição afirmaram que passam de 10 mil o número de desempregados.

Assista o vídeo

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...