Com dificuldades para pagar funcionários, donos de restaurantes de Lauro de Freitas manifestam contra restrições

0 225

Fonte – Site Bnews

Proprietários de bares e restaurantes localizados em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, fizeram um manifesto na manhã desta quarta-feira (14) contra as restrições de funcionamento do setor. Cerca de 20 estabelecimentos amanheceram com faixas ‘vamos passar o ponto’ expostas na fachada. 

Em entrevista ao BNews, a responsável por um dos restaurantes, que preferiu não se identificar, relatou as dificuldades enfrentadas pelos proprietários dos estabelecimentos. Segundo ela, muitos estão com dificuldades para pagar salários dos funcionários e aluguel dos imóveis. “Nós nos reunimos e a gente percebeu que a dor é igual para todos os estabelecimentos. A gente vem sem ter como pagar o salário de março e agora vai entrar o mês de abril sem conseguirmos pagar os salários e isso é uma realidade de todos. Estamos com impostos sem pagar, aluguel sem pagar”, desabafa. 

O setor ficou fechado na Bahia por pouco mais de um mês neste ano em razão dos decretos de combate à pandemia da covid-19. Em Lauro de Freitas, os bares e restaurantes reabriram as portas no último dia 7 com algumas restrições. Os estabelecimentos podem funcionar das 10h às 19h30, de quarta a domingo, e das 10h às 18h30, nas segundas e terças.

De acordo com a empresária, as medidas de retorno, como o horário e dias de funcionamento reduzidos e a proibição da venda de bebidas alcoólicas, prejudicam o setor.

“O governo do estado não entende as nossas operações quando deixa que a gente funcione até às 19h. Isso não resolve os nossos problemas. Tendo em vista que a maioria dos restaurantes funciona no horário noturno. Outra questão é que não podemos vender bebida alcoólica nos finais de semana que é quando nós fazemos o nosso maior faturamento. Se isso perdurar por muito tempo não vamos conseguir manter as nossas operações e vamos ser obrigados a passar o ponto”, explica.

Dentre as solicitações dos proprietários, está a alteração do horário de início do toque de recolher para às 22h e a liberação de bebidas alcoólica nos finais de semana. “A gente entende que os bares e restaurantes podem trabalhar seguindo todos os protocolos exigidos pelos órgãos competentes. A gente precisa voltar a funcionar de maneira efetiva”, afirmou a fonte ouvida pelo BNews.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...