Empresário propõe projeto para tirar do ar programas como de Datena, Bacci e Sikêra Jr

0 696

O empresário Jonas Rossatto criou um projeto para proibir a exibição de atrações policiais na TV aberta das 6h às 22h, conforme mostrou o portal Notícias da TV. O projeto já conta com o apoio de 22 mil pessoas e prejudica programas como o de José Luiz Datena, Luiz Bacci e Sikêra Jr. Ele será debatido no Senado Federal.

“As informações exibidas neste horário na televisão, das 6h às 22h, são conteúdos que não deveriam estar passando, no meu ver. É um programa policial que abusa do linguajar de baixo calão, não respeita o princípio da inocência, as informações não são apuradas. Inúmeras vezes, os programas policiais fizeram linchamentos virtuais que acabaram se tornando reais”, disse Rossatto, em entrevista ao Notícias da TV.

Ele diz que a proposta tem amparo jurídico no ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) e na Lei de Abuso de Autoridade, sancionada por Jair Bolsonaro no ano passado.

“Eles acusam as pessoas sem saber e as ofendem sem o menor pudor. Isso caracteriza que é um programa impróprio para crianças e adolescentes, para os nossos jovens que estão crescendo. O conteúdo é entregue pelo Estado, por causa da concessão. E existe o ECA, que proíbe este tipo de informação. Então, nada mais quero que se faça cumprir a lei”, disse.

Fonte: Brasil 247

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...