Neto avalia liberação das praias aos sábados e projeta modelo para festas populares

0 75

Em breve, as praias de Salvador poderão ser liberadas também aos sábados de acordo com o prefeito ACM Neto. Em coletiva concedida na manhã desta sexta-feira, 30, o prefeito afirmou que as medidas de flexibilização dos espaços aos fins de semana estão próximas de serem anunciadas.

“Procuro manter a cautela e prudência. Estamos próximos da liberação das praias também aos sábados, mas para não ter muita coisa voltando ao mesmo tempo, como precisamos observar que alguns lugares do Brasil estão tendo um aumento significativo de casos”, afirmou o prefeito que voltou a criticar as aglomerações observadas nos espaços ao longo do período da flexibilização e se mostrou preocupado com a reicidência no próximo feriado do dia 2 de novembro.

“Se nada disso estivesse acontecendo e a população estivesse respeitando o uso da máscara, o distanciamento social e a higienização permanente, com certeza não estaríamos com esse nível de cautela. Estamos prevendo que haverá problemas [no dia 2]. Praia fechada já tem gente. Se praia tivesse liberada, estava uma multidão. Aquela cena de muita gente apinhada. Isso é uma temeridade agora. É meu cuidado de manter a pandemia sob controle”, pontuou.

Neto pontuou ainda que a liberação da retomada do ensino superior terá impacto direto em uma futura liberação das praias e de outros espaços públicos. Para o gestor, a observância do número de casos a partir do retorno da educação é necessária antes de qualquer nova medida.

“Quero analisar a partir do dia 3 qual será o impacto da retomada do ensino superior e aí, se Deus quiser, vamos avançar e iremos deliberar sobre as praias”.

Festas populares

As tradicionais festas populares do calendário baiano, como a Festa de Santa Bárbara, a Lavagem do Bonfim, o Reveillon e o Carnaval, preocupam o prefeito por conta de suas aglomerações espontâneas. Para conter o número de casos, Neto afirmou que modelos estão sendo projetados pela Saltur para garantir a realização do eventos com a maior segurança possível

“Tem coisas que são espontâneas e a gente não pode manipular. Podemos advertir e fazer um apelo para a população. Não vamos ter as festas populares nos moldes que estamos acostumados. A Saltur já está construindo um modelo para garantir que essas festas estejam adequadas a essa nova realidade”, afirmou.

Neto falou ainda sobre a decisão tomada no Rio de Janeiro, que optou pela não realização do Carnaval na cidade, um dos maiores do país, em 2021. De acordo com o prefeito, que não estará mais na gestão municipal no próximo ano mas vem realizando as tratativas com representantes do setor, existe a vontade de que a folia baiana seja mantida em um diferente momento do calendário.

“Vi a decisão do Rio e acompanhei a afirmação que não terá Carnaval em 2021. Esse não é nosso desejo inicial, vamos deixar uma porta aberta para possibilidade da festa acontecer depois de fevereiro. Estou com o Reveillon 99% fechado, estamos apenas fechando os detalhes e já já vamos tratar sobre o assunto. O anúncio será ainda no mês de novembro. Depois tratamos do anúncio sobre o carnaval”.

Fonte: A Tarde

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comentários
Loading...